fbpx

Consciência

Eu escolho

Amo Desenvolvimento Humano
Escrito por Amo Desenvolvimento Humano em 1 de agosto de 2020
Seguimos em conexão

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos

Por Jader Amaral

No dia a dia criamos um bolha ilusória. Ações, metas, desafios, demandas, tarefas, passo a passo, enfim, uma infinidade de coisas pra fazer (sim, importante). Agenda cheia, cabeça cheia, ansiedade alta, pressão alta…autocobrança, sonhos distantes, falta de consciência, de visão e separação (“eu e eles”, “eu e a natureza”). Qual o espaço para o nós? Qual o espaço para o que é essencial? para o que é importante? um espaço para cuidar de si mesmo, de tocar as notas da mudança, da coragem, da compaixão, do amor e da felicidade.

Tenho que fazer isso, tenho uma reunião, tenho que desenvolver um projeto, tenho que responder essa mensagem, tenho que pegar os filhos no colégio… parece mais uma prece da obrigação. Muitas vezes uma sensação de realmente ter feito muito, mas com a impressão de não ter avançado ou experimentado a brisa do benefício. Às vezes chega o cansaço, o desânimo e a falta de orientação…. e amanhã tem de novo! Vidas em círculos, os mesmos desafios na fila. Vivo amanhã o dia de hoje. O que fazer? Como fazer? Não existem receitas. O que funciona pra uma pessoa pode não funcionar para a outra.

Tudo certo! Precisamos encontrar a (minha) melhor estratégia, a melhor conexão, as melhores palavras, os melhores pensamentos, os melhores lugares, as melhores ações no mundo! Então, alguns convites… vamos experimentar trocar a obrigação do _tenho que_ por _ escolho ou decido (leveza). Importante lembrar: mais do que a quantidade de afazeres é com qual espírito realizo a minha entrega (quando nos despedimos das pessoas que mais amamos de forma automática)_Traga a sua presença, olhe nos olhos (nosso palco de vida é curto). Prefira a apreciação, a admiração e evite julgamentos. Desvie dos rótulos ou etiquetas que estamos acostumados a colocar em tudo e em todos… acesse o essencial. Respirar fundo e deixar o bem atravessar as minhas intenções (missão). Um passo de cada vez em direção ao nosso melhor conteúdo (essência/coração). Use a sua bússola interna e atravesse o nevoeiro.

Importante afastar o imediatismo, tudo está e vai acontecendo à médio, longo-prazo. Refletir sobre as escolhas!, elas determinam a nossa experiência… e se tiver espaço para mais um convite, desapegue do eu tenho razão. Enfim, isso me apóia e partilho com VOCÊ.

Seguimos em conexão.

Olá,

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.